Sessao Ai.Ethics Vila Nova de Gaia

Sessão Ai.ethics – Vila Nova de Gaia

A Revolução Ética da Inteligência Artificial: Promovendo o Futuro Responsável em Vila Nova de Gaia

No dia 31 de março deste ano, o magnífico Auditório Manuel Menezes de Figueiredo, situado na pitoresca cidade de Vila Nova de Gaia, foi palco de um evento que deixou uma marca profunda no panorama da tecnologia e ética: a Sessão Ai.Ethics, uma iniciativa da Associação Nacional de Assembleias Municipais (ANAM).

O Pioneirismo da ANAM e a Relevância da Ética na Era da Inteligência Artificial

A ANAM, sob a liderança do proeminente Albino Pinto de Almeida, Presidente da Assembleia Municipal local e também da ANAM, demonstrou o seu compromisso com o futuro responsável ao promover esta notável sessão de apresentação do projeto Ai.Ethics. Com a temática central em torno da Inteligência Artificial (IA), esta sessão destacou a importância da ética no uso e desenvolvimento da IA em todas as suas vertentes.

Lideranças Visionárias: O Debate em Torno da Ética na Utilização da IA

Durante o evento, personalidades influentes assumiram o palco para compartilhar ideias e insights valiosos. Mário Parra da Silva, Presidente da Associação Portuguesa de Ética Empresarial (APEE) e Secretário-Geral da UNA Portugal, lançou luz sobre a relevância fundamental da ética tanto para a sociedade como para as empresas. Ele ressaltou que a ética é um pilar essencial para o sucesso da IA, enfatizando os impactos destes sistemas nas múltiplas partes interessadas.

Experiências Concretas: IA na Prática com Responsabilidade Ética

Paulo Nunes, Chief Executive Officer da Two Impulse, e Rui Monteiro, Especialista em Auditoria Interna da Ascendi, compartilharam suas experiências práticas na implementação de sistemas de IA em seus respectivos campos de atuação. Eles deixaram claro que uma abordagem ética é inegociável, desde a concepção até a implementação desses sistemas, sublinhando a importância da segurança e transparência em cada etapa do processo.

Rumo à Confiança e Transparência: A Importância da Ética no Setor Financeiro

Sara Candeias, Diretora Executiva de Dados e IA do Banco Montepio, trouxe para a discussão a experiência bem-sucedida do Banco Montepio na implementação de estratégias de ESG (Ambiental, Social e Governança), incluindo a importância de garantir a utilização segura da IA. Isso reforça a necessidade de uma abordagem ética no setor financeiro, onde a confiança é um ativo vital.

Transformando Instituições com Responsabilidade: A IA no Setor Público

Helena Abreu Lopes, Juíza Conselheira do Tribunal de Contas, através de uma conexão virtual, ofereceu sua visão especializada sobre o uso da Inteligência Artificial nas instituições e na administração pública. Destacou como o Tribunal de Contas, juntamente com seus homólogos europeus, tem trilhado um caminho notável na adoção da IA com responsabilidade e integridade.

O Projeto Ai.Ethics: Um Compromisso com a Ética na IA

O ápice do evento foi a apresentação conjunta de Ana Saraiva, Gerente de Projetos da APEE, e Mário Parra da Silva, Presidente da APEE e Secretário-Geral da UNA Portugal. Juntos, eles lançaram o projeto Ai.Ethics, nascido da Recomendação da UNESCO sobre Ética na Inteligência Artificial e da necessidade de sua aplicação em solo nacional. Este projeto inovador envolve a criação de uma Plataforma que reúne empresas e entidades comprometidas com a utilização transparente e segura de sistemas de IA. Através de autoavaliações e análise dos impactos identificados, essa Plataforma busca contribuir para a utilização confiável da IA, um elemento essencial para o funcionamento da sociedade e a sustentabilidade das empresas.

A Visão do Futuro Responsável em Vila Nova de Gaia

A Sessão Ai.Ethics, promovida pela ANAM, trouxe à luz a importância crucial da ética no cenário em rápida evolução da Inteligência Artificial. Lideranças influentes, casos de uso práticos e uma visão proativa para um futuro ético e responsável convergiram nesse evento memorável. As discussões e insights compartilhados aqui não apenas impactarão o uso da IA, mas também moldarão a maneira como as empresas e a sociedade interagem com essa tecnologia transformadora. Através do compromisso com a ética, transparência e confiança, Vila Nova de Gaia provou ser um farol de inovação responsável na era da IA.